Arte, porque a vida por si só não deu conta dela mesma





quinta-feira, 26 de abril de 2012

Construindo nossa Paisagem Invisível

“Todos os dias eu sonho com uma mulher...
Ela tem um... Eu não sei definir muito bem... é engraçado... Sabe aquela coisa de sonho?
Que a gente não vê mas a gente sabe?
Ela sempre aparece pra mim vestindo um vestido florido. É como se fosse uma paisagem e ela
canta pra mim.
Eu não sei direito quem é essa mulher.
Às vezes eu tenho certeza que eu sei exatamente quem ela é, às vezes ela some de mim.
E tudo que eu tenho é...
Eu to atrás dela. Eu nem sei se um dia eu vou encontrar, mas eu to atrás dela. ”

(texto desenvolvido para o show Paisagem Invisível da cantora Andreia Mota)





Nenhum comentário:

Postar um comentário