Arte, porque a vida por si só não deu conta dela mesma





sexta-feira, 20 de abril de 2012

MINISTÉRIO DA LOUCURA

 INT - BANCO - BALCÃO

Então a sorridente senhora balconista pergunta ao homem:

- Deseja efetuar um novo pagamento?

- NÃO, MINHA SENHORA! NÃO! QUEM EM SÃ CONSCIÊNCIA QUER EFETUAR UM NOVO PAGAMENTO? QUEM???????

Como o cliente tem sempre razão, ela responde:

- É verdade, senhor, é verdade. É verdade senhor, é verdade. É verdade, senhor, é verdade.

- MINHA FILHA, VOCÊ PRETENDE FALAR ALGUMA COISA OU ENGOLIU O CD DE FUNK DAS MINA DO INRI CRISTO????

- É verdade, senhor, é verdade. Não! Sim!  Não!QUer, dizer, sim, eu quero dizer que não é... depende do pagamento...

- QUERIDA, QUE PAGAMENTO A SENHORA TEM EM MENTE?

- é nehuma pessoa em sã consciência quer pagar um...(ela faz um biquinho para falar um)  uma.. pagar.. ai... hum...(ela fala com um certo delei, quase gemendo) ai, senhor, pagar as vezes... (ela arregala os olhos) isso (ela sorri desmanchada), paga vai, paga isso, paga mesmo (ela está cheia de tesão), seu pagador hein (cara de safada), quem diria, paga mais, paga, paga aqui oh (provocativa)... Oh senhor, senhoooor (gritando)

 (abre-se um clarão, o homem está estatelado no chão e o que vemos é o rosto do sujeiro tomando tapinhas na cara) 
- Senhor? Senhor? Senhor!!!!!


Abre o quadro e ela está sentada por cima dele dando tapas na cara dele


Senhor, por favor, senhor!!!!  (ela rasga a sua camisa)  Não faça isso comigo, senhor!!!!

(elasegura pela camisasocial aberta, ela começa a sacudí-lo desesperadamente)

Será que alguém pode me ajuda??????? Socorro, senhor, socorro!!!!! Ninguém vê que esse senhor não está em sã consciência?

CORTA PARA A FACHADA DO BANCO ONDE UMA REPÓRTER ENTREVISTA O MINISTRO MAROLINHAS SÓNASBERIAS

Repórter - Ministro, o que o senhor tem a dizer sobre o ocorrido?

O MINISTRO PUXA O MICROFONE DA REPÓRTER 


ATENÇÃO, SENHORES, O MINISTÉRIO DA LOUCURA ADVERTE:

QUEM EFETUA PAGAMENTOS ESTÁ SUJEITO A TRAUMAS GRAVES.

É SÓ POR ESSA CAUSA QUE TODO O RESTO DO MINISTÉRIO APOIA,

ASSIM COMO OS NOSSOS DEPUTADOS E SENADORES E DEMAIS EXTIRPADORES

QUE MANTÉM ÍNTEGRA A SUA POSTURA POLÍTICA BRASILEIRA

PERMANECE CEDENDO GENEROSAMENTE SEUS BOLSOS PARA GUARDAR, RESGUARDAR, TRANSGUARDAR
TODO O SEU DINHEIRO.

CUIDAMOS DO QUE É SEU COMO SE FOSSE NOSSO.


O ministro coloca o microfone no bolso e sai.

REPORTER - Ministro, o senhor não quer levar também a nossa câmera?



Um comentário: