Arte, porque a vida por si só não deu conta dela mesma





quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A BRECHA



Desses rabiscos... os meus... seus... idos.
Dos sentidos dos sentimos das idéias fingimos?
Desse ar que se inspira, do que se aspira, o que nasce em mim e se
expõe
essa impressão expressa, se apressa!
 Me dá um lápis!
zzzzzz
zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
Já foi.
 
A sensação de ser que se transforma e es(vai).
O tempo é.
Do que estou eu - você
do que
está em mim do que se faz em nós do que se torna palavra do que se faz
verso,
do que se exprime, doqueseexpreme,
dessa dor que 



SORRI




e te convida:







Pode entrar, a porta está aberta.


elA
Algumas pessoas não querem ouvir nem serem ouvidas. Elas querem apenas e apenas falar.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Tudo que bate dói.

Uma dose de lembrança bate
Liquidi(fica)dor
Um litro infinito de saudade
Eu entorno, eu bebo e torno a...
mais uma dose
Eu retorno 
Mais uma dose
De você... liquidada
Liquida 
fica 
dor
Bate